Capadócia

um amigo (que lê isso aqui e não será nomeado) formou um grupo no Whatsapp com os formandos da faculdade e, depois de pedir-me autorização, fui adicionado a ele.

é uma sensação estranha: já vão onze anos desde a graduação e não tenho contato com a maioria da turma. com alguns, como o dono do grupo e o Eugênio, nunca parei de falar. com a maior parte dos demais, nunca tive grande intimidade nem muito papo, já que estudei Direito a contragosto e não estava nem aí para nada. por isso, “revê-los” traz algo de esquisito. isso faz mal? não. dá assunto para uns posts e, com sorte, provoca algumas risadas no grupo.

pensando bem, tem algo de Proust nisso, com o perdão da loucura que é falar de um autor que ainda não li.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s