goomba goomba

ontem, torci o tornozelo na academia. estava correndo, o piso não estava encaixado, havia uma tira solta bem no caminho do meu pé direito. não caí com a torção, mas, de tanta dor, joguei-me no chão e fiquei na sofrência. o treinador foi lá ver o que era, tirou meu tênis, mexeu em alguma coisa e eu me retorcia de dor, o que era visível na minha cara. mesmo assim, ele perguntou “tá doendo?”. disse “claro que tá”. um minuto depois, o cretino voltou a perguntar se estava doendo e eu quis um taser para acertá-lo: não conseguia nem me levantar e o cara ainda tem dúvida se dói?

o tornozelo direito ficou o dobro do tamanho do esquerdo e eu não fiz nada sobre isso, segui normalmente. o dia passou e a dor piorou, então, chegando em casa, gelo nela. hoje cedo, a dor era bem menor, apliquei mais uma compressa de gelo mas não fui ao médico, como planejara: e a preguiça de recepção de hospital? felizmente, o pior já está passando e eu acho que sobreviverei sem sequelas.

só podia, mesmo, era parar de mancar.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s