patacoada

li na Foreign Policy um artigo interessante sobre você fundar seu próprio país, como o americano que criou, no meio do deserto, o Reino do Sudão do Norte, e o Principado de Sealand. esse tipo de iniciativa já rendeu ideias para um paraíso de data centers, já rendeu muita discussão no direito internacional (virou até tese) e levanta, claro, debate sobre o papel do Estado e qual deve ser o tamanho desse leviatã.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s