Funai Platinum

não é segredo para ninguém que o meu hábito mais antigo, e que vem desde 1986 ou 1987, é assistir Fórmula 1. de acordar de madrugada para ver as corridas no Oriente, saber da evolução dos carros, de como os pilotos estão se saindo, essas coisas. meu gosto por F1 sobreviveu à morte do Ayrton Senna e a várias outras coisas, inclusive vários anos de burocracia radical, como na era Schumacher.

esse ano, por conta de compromissos que assumi em alguns domingos, não vi as primeiras corridas da temporada. a primeira que assisti em 2014 foi ontem, na Espanha. e foi broxante: o barulho dos carros está ridículo, a Mercedes-Benz não tem concorrentes à altura, o Felipe Massa está mandando muito mal e não sei como é que uma pista como a de Barcelona é mantida no calendário há mais de vinte anos. dureza. por mais que goste de F1 e de carros, senti que assistir ao GP de ontem foi daquelas atividades que só um cartão Funai Platinum explica – difícil achar um programa mais de índio do que esse.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s