sentença

numa das noites do carnaval, fui com alguns amigos (Otto, Dirceu, Estêvão e respectivas, além da prima do Dirceu e o respectivo dela) ao Beirute Norte. a coisa deve ter começado por volta de nove horas, e foi seguindo: é bom estar com os amigos a qualquer momento, e mais ainda quando tudo em que você consegue pensar é “puta que pariu”, por uma série de motivos aí.

as horas se passaram, as cervejas também, algumas pessoas foram embora. uma das coisas mais marcantes de se ter trinta ou trinta e poucos anos é que, nessas horas, discute-se muito as próprias vidas, e menos o mundo. claro que a gente fala de política, de entretenimento… mas parece que uma parte substancial daquela coisa de “o mundo todo pela frente, a vida toda pela frente” de uma década antes ficou para trás. falo isso sem amargura, e é apenas minha impressão.

feita essa digressão, voltemos à mesa: começamos a discutir as próprias vidas, na forma de recortes de coisas pontuais. quando chegou a vez de falar de mim, perguntaram-me algo sobre o que escolhi fazer da minha vida*, e eu fiquei um pouco surpreso com o que respondi: disse que fiz a escolha porque gosto de ser o estrangeiro.

parece besteira – e deve ser -, mas ali eu consegui me definir em uma frase, e gostei de ter feito isso com essas palavras. gosto de ser o estrangeiro, de tentar enxergar as coisas estando mais afastado delas (mas não muito). gosto de me sentir diferente, ainda que tenha as vontades e os gostos parecidos. e entendi que a grande questão da minha vida sempre será a de me sentir estrangeiro diante de qualquer grupo, e de um dia estar num grupo daqueles que não têm grupo.

é individualismo? pode crer. é uma visão extremamente libertária? sei lá, não pensei por essa ótica. se for, beleza… e se não for, amém. mas é isso: uma briga eterna contra a homogeneização, ainda que todos por aí, em maior ou menor grau, também ajam dessa maneira.

Anúncios

One thought on “sentença

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s