alça

resolvi, para comemorar o fim dos dois livros ontem, abrir um vinho que comprei esta semana. sozinho em casa, teria de ser algo em dose pequena, já que não dou conta de beber uma garrafa em tamanho normal quando estou sozinho (de galera a coisa muda).

já tinha pensado na ocasião durante a semana e, como fui almoçar perto da Adega Piantella, antiga Expand (ainda tem o nome antigo do lado de fora), na 403 Sul, estiquei até lá. pude conhecer o Chicão, gerente da casa, cujo perfil foi publicado anos atrás em Bacco & Bocca. o cara entende muito de vinho, e fala do assunto sem o mínimo de arrogância por isso. gente fina demais. ele me vendeu uma meia-garrafa de Chablis do Domaine Long-Depaquit, propriedade do grupo Albert Bichot (ambos os nomes aparecem no rótulo).

é um vinho marcante sem ser forte: o gosto é intenso, se solta progressivamente – ou nós é que não sentimos de cara todo o sabor que tem ali – e é muito. meia-garrafa de Chablis é um custo-benefício que não é dos melhores, mas não tem jeito: é bem bom. felizmente a situação se inverte no caso de uma garrafa grande, já que se pode encontrar uns premier cru por menos de R$ 150 (para quem se dispõe a pagar isso por um vinho, mas aí a discussão já é outra).

essa questão de preços me lembra uma parte da conversa que tive com o Chicão, em que ele mata a pau, na sua simplicidade, e repete o antigo mote da Expand: vinho bom é aquele que você gosta. se vale ou não o preço, é de cada um. e ele, que já provou de Château Petrus a Romanée-Conti, tem opiniões que devem ser diferentes das minhas.

enfim, esse Chablis Domaine Long-Depaquit é bem bom, e uma ótima arma contra o tempo quente.

Anúncios

2 thoughts on “alça

    • como são essas ostras à la portugaise?

      concordo contigo quanto à parceria Chablis + ostras, mas gosto desse vinho em algumas outras situações. com saladas e pratos frios de peixe (exceto comida japonesa, que parece não dar certo com vinho algum) vai bem também.

      concordo que para esses pratos um vinho verde ou um encruzado luso seriam melhores escolhas, mas é muito difícil encontrar encruzados no Brasil…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s