em casa

depois de alimentar essa vontade por um bom tempo, hoje finalmente aconteceu: adotei uma gatinha. desci até a feirinha de adoção da 413 Sul e, depois de ver vários filhotes, trouxe para casa a Julieta, uma tartarugada que não é tão filhote assim (tem seis meses). depois de uma breve consulta com duas veterinárias, que ainda cortaram as unhas dela, comprei todo o aparato e doei um saco de ração para o abrigo que cuidava dela.

parece que a Julieta (nome que eu dei) foi adotada anteriormente por uma família, mas a criança da casa não gostou dela, então a coitadinha foi devolvida. azar desse povo e sorte a minha: a gata é um doce, quietinha, e mal comecei a fazer carinho e ela começou a ronronar. desde que ela chegou em casa ela está escondida embaixo do sofá, mas é normal: gatos levam alguns dias até tomarem coragem para sair de um esconderijo e se aclimatar ao lugar onde vão viver. quando ela sair de lá, tiro umas fotos e coloco aqui.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s