simples

a semana acabou: ergo as mãos e dou glória. cinco dias dormindo mal e tendo as forças consumidas, mas agora é hora do respiro. dormir melhor, abstrair das coisas que me incomodam, não ter compromissos. ou ter, mas poder encará-los com leveza e paz de espírito.

dias estranhos, dias que parecem batalhas épicas, delírios quotidianos. mas tudo vai ficar bem.

comprei onze livros da Cosac & Naify na liquidação que eles promoveram na semana passada, junto com a Livraria Cultura. chegaram todos. também chegou meu “Atlas mundial do vinho” e umas outras coisas que peguei na Estante Virtual. é livro aos baldes, coisas que eu vou levar meia vida para ler. mas fazer isso me faz tão feliz que não posso dizer que é tempo perdido.

um jogo de beisebol na tevê, uma garrafa de Barbera que vai ser aberta daqui a pouco, um pão aos cereais da La Boulangerie. uma corrida de Fórmula 1 e umas páginas para devorar. eu nunca estive tão inquieto e com tamanho mau humor – mas o engraçado é que essa irritação é paradoxal ante meu otimismo sobre a minha vida e o que vai acontecer.

voltei a fazer planos: conhecer a Itália, viajar para o Sri Lanka, manter os hábitos de leitura. desacelerar na hora certa (ainda não!), acompanhar leilões de arte e quem sabe me arriscar a comprar algo. uma pena, nessas horas, não haver cassinos no país: meu otimismo mal humorado é tanto que gostaria de apostar no 21, no caça-níqueis, nos dados. mesmo que perdesse meus reais ali, ainda tenho umas garrafas para beber e dormir tranquilamente no final da noite.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s