dobradinha

não apareci por aqui desde sexta-feira porque fiz uma viagem rápida a Deprelândia, onde o Eliandro, amigo de infância, se casou. a noiva já entrou na igreja chorando de emoção, a cerimônia foi linda, a festa foi ótima. e eu fiquei surpreso por ter sido o único amigo dele da época a ser convidado. tomei um porre de uísque 12 anos e ouvi a trilha sonora de evento mais eclética que já vi: de banda carioca tocando “This charming man”, dos Smiths, a bateria de escola de samba (juro!), DJ botando dubstep, funk, sertanejo e “Dancing Queen” – e era o mesmo cara no som.

foi uma festa e tanto. para completar, um inhoque de batata salsa no restaurante da Luciana, no dia seguinte, precedido de alcachofras ao alho e brindado com um suco de frutas vermelhas. a nota triste é que só nesse sábado eu soube da morte de uma tia-avó, Geni Palandi (1922-2012), irmã de minha avó.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s