histórias da reconstrução

Uma cena tocante marcou o início da jornada do Taiti na Copa das Confederações, nesta segunda-feira. Antes do apito inicial do duelo contra a Nigéria, o técnico Eddy Etaeta não conteve a emoção e chorou copiosamente ao ouvir o hino nacional com sua equipe perfilada no campo do Mineirão. Alguns jogadores fizeram o mesmo, sem segurar as lágrimas antes da estreia.

só isso já faria do Taiti o meu time do coração. mas ainda tem uma brasileirada boa:

“É como se fosse gol do Galo. É tipo final de Copa do Mundo. É muita emoção. Os caras não têm nada, nem profissionais são e conseguiram isso. Temos que apoiar. Essa seleção nos conquistou. É muito carisma, muita humildade. Merecem esse sonho”, disse o atleticano Rafael Cavalcante, de 29 anos.

Aos gritos de “Ih, é Taiti”, “E ô, e ô, Taiti é o terror” e “Ih, vamos virar Taiti”, a torcida parecia realmente acreditar em uma vitória dos representantes do futebol amador em um torneio marcado por gastos exorbitantes e arenas de primeiro mundo.

e olha isso, então: o autor do gol do Taiti é entregador de um delivery no arquipélago!

(ah, claro, o gol – cortesia do Pedro)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s