sinal de vida

217 páginas lidas durante o final de semana. coisa pra caramba. especialmente porque 84 delas foram do livro mais chato do mundo, escrito por um comunista prolixo. essa parte poderia ser resumida em cinco páginas, mas ele precisa de mais.

eu preciso de mais também. mais tempo, mais inspiração, mais descanso. e é por isso que leio essas coisas: na esperança de que elas se paguem mais à frente. andemos, pois.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s