gasosa

a Schweppes lançou no Brasil uma Ginger Ale, uma das coisas que mais faltavam por aqui. melhor ainda: tem zero caloria. é só uma pena que utilizaram a mesma lata da Club Soda, preta e prata (não é verde como no link, pelo menos em Brasília), então fica difícil distinguir uma da outra. mas podem ir, é gostosa: agora falta tomar essa Schweppes de uva verde com goiaba.

nos eixos

meus anfitriões em SP me presentearam com uma caixa de cds com as nove sinfonias do Beethoven regidas pelo Herbert von Karajan, além de dois outros cds (um do Nelson Freire tocando Liszt e um de uma orquestra brasileira – Osesp? – tocando Villa-Lobos). levei o primeiro cd do ciclo do Beethoven para o carro, junto com alguns cds da caixa de jazz que comprei no fim do mês passado e chegou na sexta.

quem precisa de música pop mesmo?

cool factor

A famous anecdote relates that during the mid-1980s, an intoxicated [Mick] Jagger phoned [Charlie] Watts’ hotel room in the middle of the night asking “Where’s my drummer?”. Watts reportedly got up, shaved, dressed in a suit, put on a tie and freshly shined shoes, descended the stairs, and punched Jagger in the face, saying: “Don’t ever call me your drummer again. You’re my fucking singer!”

isso é do artigo da Wikipedia sobre o Charlie Watts, o cara mais cool do mundo nesse exato momento. e tem muitas outras lá.