Suntory

o The Truth About Cars hoje me revelou que o Carlos Ghosn, presidente da Renault-Nissan e ídolo aqui, tem uma tradutora que é como um alter ego dele: traduz o francês dele para o japonês que precisa usar quando está na terra do sol nascente e traduz o japa de volta para o inglês, para que ele entenda tudo perfeitamente.

segundo a matéria, a moça o segue em todo lugar, “exceto no banheiro”. traduz, ainda, os sentimentos que o cara expressa por gestos, já que os nipônicos gesticulam bem menos, e de forma bem mais tímida (como alguém lembrou nos comentários, esse é o ponto do “Lost in Translation”). aliás, o texto informa que ela, que se chama Yuki Morimoto, é tão foda e tem uma sintonia tão fina com o Carlos Ghosn que chega a terminar algumas frases dele antes dele mesmo.

que figura. e que história. tem até um vídeo sobre o trabalho dela.

Eton

daqui a dois anos vai ser possível importar esse Rolls-Royce para cá. existem outros na mesma faixa de preço no eBay, e trazê-los para cá, já com frete e impostos, sairia por algo na faixa de R$ 95 mil.

é, Rolls-Royce a preço de Jetta, Sonata, Sportage. é difícil de quebrar e as peças precisam ser encomendadas, mas o chato deve ser aguentar o consumo de 4 km/l. em compensação, não consigo pensar em nada melhor como segundo carro… :)

lenga-lenga

olha, sinceramente pensei em parar de escrever aqui, mais uma vez. mas não é esse o caminho e pronto.

daí ontem eu me senti tirando um peso enorme das minhas costas. pode ser que não tenha tirado nada, mas a sensação é de alívio. então vou continuar.