cautela

de olho em fazer turismo na terra dos jutos, o recém-bacalhoado Rogério enviou um email ao Partido Popular Dinamarquês se eles têm algo contra o turismo de brasileiros por lá. obteve como resposta um “The Danish People’s Party have nothing against foreigners going to Denmark on tourist visas”.

tá aí, galera. joguem-se nas planícies do país.

chabu

com apenas um ano e meio de uso, minha tevê deu problema. a garantia era de um ano, então vou ter de pagar do meu bolso. fico apenas um pouco mais aliviado porque a assistência técnica autorizada fica na minha quadra e não terei de levá-la a um lugar distante como o mundo de Marlboro.

aleatório

a cada vez que alguém se refere ao Vinícius de Moraes como “poetinha”, Deus mata um gatinho. da minha parte, sinto um nojo físico por algo aparentemente tão banal.

existem outros casos que me deixam assim, tipo a palavra “folião” em qualquer contexto. ainda vou fazer uma lista e publicar aqui.

*

cadê o Ivens? faz séculos que não falo com ele ou tenho notícias, salvo da vez em que o Craudio disse que ele está magro e mandando bem na dieta. será que vou ter de publicar um post falando bem do Renato Russo para que o Ivens, indignado, apareça? espero não ser preciso apelar a tanto.

*

percorrendo os canais da TV, parei por acidente no Viva, que pouco assisto, e estava passando “TV Pirata”, um clássico da minha infância (junto com ouvir rock brasileiro no meu radinho Broksonic antes de dormir, queijo quente com manteiga por fora, Super Mario etc). fez-me um bem ouvir o tema de abertura do programa no final, e eu ainda o sabia quase todo! só não lembrava da parte do “se você não quer dar, empresta!”

aliás, quem canta é o Marcelo Madureira, não? lembro que ele canta “Mobral”, melhor música do primeiro disco do Casseta & Planeta (quem declama o poema da abertura é o Hubert).

*

falando em TV: estou querendo pegar o pacote Europa para assistir à RAI, na esperança de melhorar um pouco meu italiano. pergunto: vale a pena morrer com R$ 10 para tê-la? a TV5 francesa, a Deutsche Welle e a SIC lusa vêm junto, mas provavelmente eu ficaria só vendo a RAI, dessas todas…