volta

no espaço de uma semana, a patroa e eu fomos três vezes ao Parrilla Madrid, ali na 408 Sul, que recentemente mudou seu cardápio. na terça-feira passada, almoçamos para comemorar o dia dos namorados. de entrada pedimos o camembert à Balcony, um queijo com molho pesto e amêndoas que é servido com pão, uma delícia. e de prato principal peguei um filé de frango que deve ser o prato com melhor custo x benefício de Brasília no momento.

explico: são 300 gramas de frango e quatro acompanhamentos de cor amarela: arroz parrillero (com linguiça e batata palha), purê de mandioquinha, farofa de ovos e batatas bravas. se o André diz que o verde é a cor da esperança, só pode ser por desconhecimento dessa linha amarela. o preço do prato é R$ 30, e dá uma sova em muita coisa que custa o dobro e não entrega nem a metade. como o cardápio é novo, o atendimento ainda bate um pouco de cabeça, o que se acentuou em nossos retornos à casa.

na sexta-feira fomos conferir o rodízio de tapas, pelo qual a preço fixo (R$ 36,90) você come petiscos até dizer chega. e tome pastel de queijo reino, porções de calabresa apimentada, montaditos de filé à Oswaldo Aranha (o clássico com alho e batatas em cima de rodelas de pão), panelinhas de filé ao gorgonzola… coisa pra caramba, com sangria (25 cruzeiros a jarra) do lado. a Lu e eu comemos muito, talvez até mais do que devíamos ter comido, mas quem mandou estar tão bom? uma pena que algumas porções tenham demorado a chegar e que até tenham trazido algumas coisas erradas.

mas ruim mesmo foi hoje, quando fomos lá com Bruno, Renata e os pais desta. pedimos o camembert à Balcony e, depois de mais de meia hora, trouxeram o queijo de outra forma, também no cardápio. dissemos que queríamos o outro, eles tiraram da mesa contrariados e, depois de mais dez minutos, disseram que o nosso pedido não estava disponível naquele dia. quarenta minutos para nos comunicar algo tão simples e, enquanto isso, os demais convidados sofrendo para conseguir uma porção de petiscos – e as que vinham, ainda vinham todas erradas. a patroa acredita que não havia na casa ninguém que soubesse fazer o camembert à Balcony, o que concordo, e que essa história de dar folga no Carnaval deixou o atendimento uma porcaria.

uma pena: o cardápio é gostoso e o preço de alguns pratos é justo. se o atendimento estivesse à altura, seria bom demais.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s