chifre

malhando hoje cedo, o treinador colocou uns róques para tocar. quer dizer, rock não, já que me recuso a chamar o Skank disso. enfim, quando chegou em “É uma partida de futebol”, fiquei na zorra e mandei-o mudar. ele perguntou o que queria ouvir e eu pedi música eletrônica – serve bem para esse tipo de atividade.

meu rendimento e meu humor melhoraram na hora: que beleza. no finalzinho, ele ainda mandou uma versão ao vivo de “É o amor”, aquele Zezé vintage, e eu descobri que sei a letra inteira – imaginava isso, mas nunca havia me certificado. é daquelas músicas tão boas que você até sente o chifre brotando na testa, e nessa versão ao vivo estava ainda melhor que a exagerada gravação original. sem contar que a letra é muito mais rock and roll do que “mas se ele ganha, não adianta, não há garganta que não pare de berrar”.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s