Neville-sur-Seine

de vez em quando, beeeem de vez em quando, bate uma vontade de escrever sobre música. e também de vez em quando me aparece uma tarde livre, que quando coincide com essa vontade de escrever, acaba num texto.

em janeiro ou fevereiro tive a ideia de fazer um guia sobre o pop francês contemporâneo, daí rascunhei num caderno como ele seria e larguei a coisa assim. em abril, durante o feriado prolongado, dei mãos à obra e escrevi tudo em coisa de uma hora. revisei uns dias depois, daí foi só esperar o Boca voltar de viagem e mandar para ele.

enfim, hoje o Scream & Yell publicou o meu guia do pop francófono. não sei se é a melhor coisa que escrevi, mas foi uma das mais gostosas.

3 thoughts on “Neville-sur-Seine

  1. Esqueci do meu favorito: Sébastien Tellier (ver Roche, La Ritournelle e Divine).

    E, falando em coisas divinas, tem a gracinha da Vanessa Paradis com Divine Idylle. O dente mais separado das terras gaulesas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s