quaaaaase lá

monografia na reta final, cursos internos na reta final; nunca estive em tão boa forma quanto agora, nem com tantas reservas. estou com uns livros legais para ler, e também com três revistas. arrumei uma meta bem diferente para o ano que vem, e não será difícil cumpri-la.

falta alguma coisa? falta, e bastante. mas vou correr atrás de tudo isso.

vitória

sensação de dever cumprido é pouco: depois de escrever seis páginas da monografia ontem, escrevi mais oito hoje, e com isso o total chegou a 34. foi incrivelmente fácil, já que deixei um esquema rascunhado para hoje, e agora falta pouco para concluir o trabalho – especialmente porque ainda não escrevi a conclusão, o que deve facilitar as coisas.

com isso, ainda pude ter um pouco de vida social e de cervejas ao longo do final de semana, entrando bem aliviado no último mês antes da entrega da monografia.

*

2010 está sendo um ano “correto”, no qual dei a cara a tapa para uns desafios maiores do que havia experimentado antes. dia desses reli o papel no qual escrevi as metas para o ano e constatei que cumpri a grande maioria, deixando de cumprir tudo por fatores alheios à minha vontade. para minha (leve) surpresa, até a meta mais difícil foi cumprida, com sobra e sem grandes dificuldades.

já vejo que o ano que vem será um espetáculo.

como brinde ao ano correto, almocei ali no Entrecôte, na 304 sul. é aquele restaurante que está sempre lá, jamais te decepciona, tem um cardápio pequeno mas sólido e sem invencionismos. embora o picadinho deles não bata o do Fred, é bem melhor que o do Villa Tevere, por exemplo, e por isso pedi um como minha última refeição fora da dieta em Brasília – viajo para Deprelândia na sexta e só volto dia 6.

na sequência, fui ao Shopping Iguatemi doido por um sorvete da Freddo, mas a unidade lagonortina, no térreo, só abriria no final da tarde – razão pela qual peguei um McFlurry Alpino e o tomei enquanto via as vitrines. muita coisa legal, e ainda por cima encheram o Iguatemi de Fiat 500, já que é o prêmio da promoção de fim de ano do shopping.

será que ano que vem ele me detém de comprar uma Mercedes-Benz antiga?

*

gostaria de deixar registrado que deixei de cortar os cabelos neste final de semana para me concentrar na monografia. não que eu estivesse com uma síndrome de Sansão ou algo do tipo, mas achei melhor concentrar-me no trabalho que tinha de ser feito. estou com os cabelos completamente sem corte, a barba por fazer, uma expressão levemente cansada me tomando o rosto. mas feliz por ter chegado até aqui do jeito que cheguei. e esta semana a tesoura fará seu serviço.

cupê

hoje faz um ano que a GM disse que mataria a Saab, sua marca sueca, pouco conhecida no Brasil. na época eu já estava acompanhando a agonia da fabricante, e a desistência da Koenigsegg de levá-la quase colocou tudo a perder.

quase, porque no final de janeiro, depois de quarenta dias já condenada, a Saab foi comprada pela Spyker e começou a se reconstruir este ano. e em mais um passo nessa longa caminhada, ontem o presidente da empresa, Victor Muller, disse que a decisão sobre o parceiro brasileiro da Saab, que trará seus carros para o país, será tomada no primeiro trimestre.

na prática, isso aponta para uma chegada dos carros no final de 2011, já como linha 2012. como o novo Saab 93 (ou 9-3) será lançado em meados de 2012, talvez o desembarque sueco comece por cima, com os modelos 9-4X e 9-5 chegando ano que vem e o carro de core business por aqui no ano seguinte.

e aí vai que o carro é lindo e eu tenha de adiar minha fidelidade vitalícia à Mercedes-Benz…

frente

depois de vinte dias parada em vinte páginas, minha monografia tem agora vinte e três páginas: fiz a introdução.

o incrível é que, sem querer sentir dó de mim mesmo ou coisa do tipo, está sendo dolorido escrever. e eu vou precisar de mais analgésicos, já que espero escrever pelo menos mais cinco páginas ao longo deste final de semana.

(atualização: agora são vinte e seis páginas, e eu ainda fiz um diagrama para o próximo capítulo, que em última instância ainda me rende outras amanhã. dever cumprido por hoje, é hora de Weltenburger Kloster)