drinque

no começo do ano, uma das festas mais tradicionais do indie brasiliense, o CARNAVAL DO MAL, inovou ao introduzir o mijito, variação do mojito feita propositalmente nas coxas com o afã de noiar a galera. e veja bem, esse nome “mijito” foi considerado, entre os autores e organizadores, um achado.

pois bem: ainda em Nagóia, onde desfruta de uma viagem a trabalho, João Paulo conta a história de que uma noite saiu para comer algo e, folheando o cardápio do restaurante, deparou-se com… um mijito. depois de rir abertamente olhando para aquilo, sem que ninguém ao redor entendesse, ele sacou o telefone e bateu uma foto do erro tipográfico. no dia seguinte, pagou uma chamada internacional pro meu celular só para dizer que havia tomado um verdadeiro mijito, enviando-me a foto pouco depois.

fiquei de cara. é muita genialidade.

Suntory time o escambau, japonês toma é mijito!

One thought on “drinque

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s