ampola

duas participações minhas no Scream & Yell:

a primeira, requentando um texto escrito em 2006 sobre o “Pablo honey” ser uma obra-prima perdida do Radiohead. não no sentido “OK Computer” e “Kid A” da coisa, mas no fato de que é um oceano de sinceridade, um disco confessional e verdadeiro, com umas guitarras deliciosamente desembestadas ao redor daquelas verdades.

a segunda é a minha lista de melhores do ano, na tradicional votação da página. como sempre, o mau gosto predomina, então eu nem vi o resultado de quem ganhou: vi só as listas do Jonas, do Rodrigo – que tá um pouco cheia de Doces Bárbaros mas é boa – e a minha própria.

cabe esclarecer que capa de disco boa é aquela que tem mulher bonita na capa, razão pela qual votei na Cláudia Leite, por exemplo. mais: que Axl Rose é brasileiro, por isso votei no “Chinese democracy” como melhor disco nacional. e que é uma pena que eu não tenha votado no Wagner & Beethoven como melhor blog, a lista só permitia cinco entradas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s