supermercado

“ninguém mais compra cds” – Lúcio Ribeiro

de fato. então, cá entre nós, meu nome é ninguém: fui pro eBay e comprei quatro discos, exatamente a quantidade que tinha comprado durante todo o ano de 2007. ei-los:

REM, “Reckoning”. segundo disco deles, ele é de 1984 e tem algumas das músicas mais angustiantes da história, inclusive o clássico de quem mora no interior de São Paulo ou de Minas Gerais, “So. central rain”. já experimentaram pegar a rodovia dos Bandeirantes às oito da manhã, ouvindo essa música? é inesquecível. peguei a versão com cinco faixas-bônus.

Echo & the Bunnymen, “Echo & the Bunnymen”. a maior parte dos fãs dos homens-coelho acha que o melhor disco da banda é o “Ocean rain”. tem quem defenda que é o “Porcupine”. eu sou, até prova de contrário, o único que defende esse disco aqui, o mais pop de todos e que, além dos hits óbvios, tem uma música linda que atende pelo nome de “Bombers bay”. foi através dela que eu soube da existência da cidade de Mandalay, na Birmânia, e que passei a ter vontade de conhecê-la. peguei a versão remasterizada, com sete bônus.

Wilco, “A. M.”. é uma vergonha, mas preciso admitir: ainda não tenho tudo que o Wilco fez até 2002. segunda à tarde eu tava na Telerj, na hora do almoço, e coloquei o clipe de “Box full of letters” pra ouvir a música. em trinta segundos de canção eu tava entrando no eBay pra dar lance nesse disco, que é uma das coisas mais inacreditáveis do pop americano. também é outro clássico da série “morar no interior”, porque tem coisas que um habitante da metrópole talvez não sinta da mesma forma que um caipira que puxa o R. (para efeitos dessa teoria, o Gabriel é piracicabano)

Uncle Tupelo, “89/93: An anthology”. eu não conheço uma música sequer do Uncle Tupelo. mas conheço todas do Wilco. enough said.

*

a era do mp3 fez os preços dos cds importados baixarem aos níveis em que sempre deveriam estar. e hoje em dia eles custam metade de um cd nacional. contando o frete, paguei 70 reais pelos quatro discos aí de cima, todos zerados. não é algo que eu vá fazer sempre, mas ainda é gostoso, já que eu preciso de música no carro e sempre que me lembro de você, meu amor.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s