pregos sans frontières
o troféu “Prego sem fronteiras” do mês de maio foi para nosso amigo Pedro Barbosa, que some do mapa e, quando volta, é só pra dizer que sumiu… e some de novo.

os leitores portugueses deste blógue já perceberam que, para além do sentido de “sanduíche de carne” que é adoptado por aí e do sentido de ferramenta metálica usada para fixação de coisas que é utilizado tanto por aí quanto cá no Brasil, “prego” é uma gíria mandioca para definir aquelas pessoas que gostam de, ahn, “azucrinar” ou se fingem de tontos quando, na verdade, são grandes espertinhos. portanto, Pedro, és um prego. apareça e discutiremos isto a fundo… :)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s