mysterious ways

“The golden path”, novo compacto do Chemical Brothers, com o Wayne Coyne nos vocais, é bem legal, mas tem uma coisa: parece uma colagem de várias músicas que eu conheço. a introdução lembra “Pipi popô”, do Vestidos de Espaço. o começo do vocal remete a “Where the streets have no name”, hit do U2. a flauta que permeia os meandros da música é puro Cardigans fase “Life”, e um dos sintetizadores e uma parte da letra parecem coisa do Nightwish.

assustador, não acham? mas, repito, é bem legal.

invocação às férias

re-pensar

re-planejar

re-voltar a re-viver

férias, preciso de vocês como preciso de água

meu corpo quer ser 70% de descanso

pra se afogar melhor no trabalho quando a fonte secar

rever meus amigos

rever meu horário

rever minhas metas

matar angústias e problemas pequenos sem precisar de inseticida

viver mais precisando de menos tempo pra tanto

e ver a vida rendendo melhor

esqueça a preguiça

esqueça a velocidade

aqui e agora, não demora, minhas férias têm pressa.

catholic school girls rule

destaque para o cidadão dizendo “e eu não ia interrompê-las”, matreiro demais:

Colegiais perseguem e agridem “tarado” nos EUA

Filadélfia (Reuters) – Um homem descrito pelas autoridades como tarado foi perseguido pelas ruas de um bairro de Filadélfia (EUA) por um grupo furioso de estudantes católicas, que o chutaram e o espancaram assim que ele foi agarrado por vizinhos, disse a polícia na sexta-feira. Rudy Susanto, de 25 anos, que já havia se exposto para adolescentes em cerca de sete ocasiões nas proximidades da St. Maria Goretti School, apareceu novamente na quinta-feira, quando as estudantes estavam saindo da escola.

Desta vez, no entanto, um grupo de garotas furiosas de uniforme enfrentou Susanto com a ajuda de alguns vizinhos, contou a polícia. Quando ele tentou fugir, mais de 20 garotas o perseguiram pelo quarteirão. Dois homens conseguiram pegá-lo e as meninas resolveram se vingar.

“As adolescentes começaram a chutar e a bater no homem e eu não ia interrompê-las”, disse Robert Lemons, um dos vizinhos da escola, ao The Philadelphia Inquirer. Mais tarde, Susanto recebeu tratamento para os ferimentos em um hospital local. A polícia disse que ele enfrentará 14 acusações, incluindo as de assédio, má conduta e corrupção de menores.